Sites Grátis no Comunidades.net Criar um Site Grátis Fantástico
Translate this Page
Enquete
Qual das seguintes faixas você mais trabalha?
160 mts
80 mts
40 mts
20 mts
15 mts
11 mts
10 mts
2 mts
Ver Resultados

  • Currently 3.43/5

Rating: 3.4/5 (951 votos)




ONLINE
1





Partilhe esta Página




 

 

Alguns de muitos

Sites Interessantes:

 

Revistas Antigas de Eletrônica

Escuta Aérea

Feirinha Digital

Rádio Sociedade Técnica

Ham Brasil

QRZ.com

LABRE - RS

813 AM

NASA

AMSAT

RADEC

TEICO

ARPA

IARU

eQSL.cc

Radar do Tráfego Aéreo

CRAM

USRA

ARRL

Amantes do Radio

Websdr.org

PY4ZBZ - Roland

PY2BBS - Luciano

PY3PO - Jorge Barbosa

Blog do PICO

APOLO11.COM

 

 

  

   

 

 


 

  

 

 

 

 


 

  

 

Ultrapasse fronteiras.

Ajude, aprenda, ensine.

Faça novos amigos.

   

Seja um radioamador!

 

 


 

 

 

Apostilas para Estudos:

Legislação de Telecomunicações

 

Técnica e Ética Operacional

 

Eletrônica e Radioeletricidade

 

Erratas das Apostilas

 

 

 

 


 

ATENÇÃO

 

Este site pode apresentar distorções de imagens ou de textos em alguns navegadores.

 

Atualize seu navegador, escolha e clique nas imagens abaixo:

 

 

Mozila Firefox

Google Crome

IE8

Safari

 


  



Sobre mim

Sobre mim

Entrei no “mundo” do rádio em 1994, naquela época eu trabalhava como motorista de táxi no turno da noite aqui na cidade de Caxias do Sul – RS – BR, eu tinha 19 anos. Meus colegas de trabalho usavam muito o rádio da faixa do cidadão, também conhecido como PX. Eu fui ficando fascinado com a utilidade e praticidade que aqueles equipamentos proporcionavam, então logo instalei um rádio no táxi em que eu trabalhava. Devido ao grande número de adeptos do PX na época, que nem sequer eram taxistas, mas tinham seus equipamentos instalados em suas residências ou locais de trabalho, muitas vezes nos faziam companhia durante as madrugadas com assuntos diversos que se estendiam até ao amanhecer, fazendo o  turno de trabalho passar rápido. Seis meses depois fiz pedido de licença para esta faixa, então veio meu indicativo PX3C4000, o qual mantenho até hoje. A propagação naquele tempo era fantástica, conseguíamos contato, mesmo móvel, com outras estações do norte do país ou até mesmo de outros países quase que diariamente com muita facilidade e então meu interesse foi aumentando. Daí por diante nunca mais parei e passei a procurar informações sobre outras faixas de freqüências e outras modalidades, chegando ao radioamadorismo. Prestei exames mais tarde para a hoje extinta classe D, fui aprovado e consegui o indicativo de ZZ3MRS, mas não pararia por aí. Logo fiz novas amizades nessas novas freqüências que eu estava operando que me incentivaram a buscar a classe B. Fiz então os exames para a promoção de classe e depois de aprovado mudei o indicativo para PY3AB. Um tempo depois fui acompanhar um colega que iria fazer exames para ingresso no radioamadorismo e resolvi aproveitar e fazer o teste para classe A, já que as provas eram realizadas distante daqui aproximadamente 120km. Mais uma vez obtive sucesso e mantive o mesmo indicativo que já usava anteriormente. Hoje não trabalho mais como taxista, mas mantive minhas boas amizades da época e fiz muitas outras novas. Nunca me afastei do rádio, e de todo esse período até hoje tenho muitos fatos para contar em que ele sempre esteve presente e que não consigo relatar nesse pequeno texto.

 

 

 

 

 73 a todos, de PY3AB / PX3C4000 – Marcio Renato.

 

 

 

 

PS: Desculpem algum erro, nunca gostei de redação, hehe!